domingo, 7 de março de 2010

Carta ao trouxa que vai dançar, porque EU PEGUEI O BUQUÊÊÊ!!!

Meu sol em gêmeos faz de mim impulsiva.
Meu elemento ar me faz sonhadora.
Minha lua também em gêmeos dispensa comentários.
E meu ascendente escorpião faz um monte de coisas que ainda to tentando descobrir se é responsabilidade dele mesmo.
Eu posso ser intolerante se você disser coisas que eu não gosto.
Mas eu sou a mais carinhosa das criaturas e sei fazer massagem.
Ás vezes eu me aventuro no fogão e meu macarrão de gorgonzola é divino.
Mas não me peça pra fazer costeletas de porco e arroz de brócolis.
Algumas noites eu falo enquanto durmo.
Outras eu choro um pouquinho antes de pegar no sono.
Mas se você me abraçar e enroscar seus pés nos meus tudo vai ficar mais leve.
A gente pode rezar baixinho.
Sou cheia de manias.
Durmo com a tv ligada ou leio até tarde debaixo da luminária.
Gaguejo e meu "leite quente" fica gritante quando fico nervosa.
Choro soluçando por qualquer coisa.
E você não precisa se irritar com isso.
Dá e passa.
Você pode falar de absolutamente tudo comigo.
Eu guardo segredos.
Eu também tenho os meus.
Seja meu amigo.
E não deixe nunca faltar assunto entre a gente.
Eu sou muito simples, por incrível que pareça.
Me faz feliz um passeio à beira mar ou uma Trakinas de morango.
Eu sei gritar.
E meu sussuro ao pé do ouvido é doce.
Eu posso parecer ciumenta e possessiva.
Talvez eu até seja mesmo.
Mas se você me fizer sentir protegida eu relaxo.
Adoro massagem nos pés e nos cabelos.
Mas detesto que desmanche meus cachos.
Também não me chame de Tatiane.
Tati pra você.
Também não faço rejeições à apelidos.
Eu gosto.
Mas não seja muito meloso, eu tenho preguiça.
Baby talk tem limite.
TPM? Ás vezes rola.
Você tenta me aguentar e eu vou entender quando você ficar puto se o seu time perder.
Eu adoro fazer surpresas.
Mas mereço recebê-las também, de vez em quando.
Minha flor preferida é a Gérbera.
Mas eu vou ficar muito feliz se você chegar com um botão de rosa.
Posso aprender a gostar das coisas que você gosta.
Se não rolar eu prometo ao menos respeitá-las.
Sua mãe pode gostar de mim.
Seu pai, seus irmãos, sua avó idem.
Eu posso ser antipática com as pessoas se eu perder a paciência.
E você pode me ensinar a fazer diferente.
Eu mudo de humor como quem troca de roupa.
E, entenda: isso não tem nada a ver com você.
Adoro lingeries, tenho umas ótimas.
E você não precisa me levar num restaurante caro.
Apenas me note.
Sou mais sexual do que sensual.
E posso te conquistar com meia hora de papo.
Ás vezes eu passo horas sem inspiração.
Mas eu também posso compor uma música pra passar o tempo.
Eu, normalmente, acordo de mal-humor.
E quando assim estou eu guardo ele no meu silêncio.
Você vai ter que respeitar isso.
Eu detesto toalha molhada em cima da cama.
Mas não ligo se passarmos dias sem arrumar a cama, pra podermos nos jogar nela a qualquer hora do dia, quando der vontade.
Você pode me xingar se eu agir feito criança.
Mas não me exponha aos nossos amigos.
Eu posso ficar saturada de você e não querer te ver durante uns dois dias.
Mas depois eu dou a volta ao mundo pra te agradar, se preciso.
Por mais que eu não fale isso o tempo todo, eu vou gostar de você do jeito que você é.
Sem tirar nem por.
Eu jamais me apaixonaria por alguém de quem eu não goste até dos defeitos.
E eu ainda não aprendi a dissimular.
Você vai saber se eu não estiver feliz.
Se você continuar implicando com meu signo eu vou te dizer que ser geminiana é muito pior do que conviver com uma.
Então ceda quando for sua vez.
Sou chata, mimada e sufocadora.
Faço perguntas demais.
Me de cinco cervejas e um motivo, se quiser ver o circo pegar fogo.
Mas se você me entender você pode até me amar.
Eu adoro praia.
Mas podemos alugar um filme e fazer pipoca se te der preguiça.
Eu posso ser egoísta vez por outra.
Mas eu nunca vou te deixar na mão.
A menos que você mereça.
Eu gosto de atenção.
Ou melhor, eu exijo-a.
Mas eu sei compensar sendo uma companhia agradável.
Eu saio do tom.
Mas eu posso acertar a nota, se você tiver um pouco de paciência.
Eu gosto muito de sexo.
Muito.
Mas se você estiver cansado você pode deitar no meu colo e me contar sobre o seu dia.
A gente pode conversar até pegar no sono.
Eu sou míope.
Mas eu vou enxergar nos seus olhos ou na sua voz se algo não estiver bem.
Não precisa vir num cavalo alado branco.
Mas me deixe ter acesso à você.
Não lhe prometo nenhum mar de rosas.
Mas eu tenho senso de humor, vamos nos divertir um bocado.
Eu quero ter filhos.
Dois.
Eu serei uma boa mãe.
Eu sei disso.
Mas eles também vão precisar muito de você.
Meu sexto sentido fala muito alto.
E ele diz que eu sou capaz de me fazer feliz e te fazer feliz.
Até quando Deus quiser.


8 comentários:

  1. Perfeito! Será que somos só nós duas ou essa é a descrição da maioria das mulheres da nossa idade?

    ResponderExcluir
  2. ...és humana!
    Lindo texto...tô sempre aqui!!!
    Bjsss!

    ResponderExcluir
  3. E não é que tu escreve bem, mocinha? Muitos pontos.

    ResponderExcluir
  4. Quer namorar comigo? huauah lindaaa !!! Que forma eh essa de expressar tao bem seus sentimentos? Tb querooo ! Amei

    ResponderExcluir